top of page

Curta-metragem: como recrutar uma equipe e conseguir recursos

O curta-metragem é uma arte coletiva e para fazer um bom filme, além de talento e trabalho duro, é preciso ter uma equipe qualificada e recursos financeiros.

Saber como filmar um curta-metragem parece uma tarefa um tanto impossível para quem está começando, já que talento e trabalho duro são essenciais, mas não são tudo para fazer um bom filme.

Primeiramente, o cinema é uma arte coletiva e a qualidade da sua equipe terá um impacto no sucesso do seu filme, do qual deve manter obrigatoriamente 3 etapas durante todo o processo, que são: pré-filmagem, filmagem e finalização (conhecida como pós-finalização).

Então, como encontrar técnicos, artistas e ainda, como conseguir recursos para filmar um curta-metragem?

Antes de mais nada, você ou seu roteirista finalmente terminaram de escrever um belo roteiro de poucas páginas.

Você está pronto para se jogar de corpo e alma nas filmagens deste, mas você percebe que só pode contar com duas mãos inicialmente, as suas.

Então, aqui estão algumas dicas para ter todos os recursos humanos - criativos e técnicos - necessários para começar a pré gravação.

Em primeiro lugar, é muito importante identificar quais são as necessidades precisas para um começo: verba, atores, equipe técnica e claro, um bom cartaz do projeto e uma pequena estratégia de marketing em cima para conseguir tudo isso, mesmo que no “amor”.

Você deve aproveitar tudo o que estiver ao seu alcance para angariar cada coisa necessária para o projeto, então, comece pelo principal: pessoas. Sim, o famoso e indispensável “network”.

Como filmar um curta-metragem: primeiros passos

Antes de tudo iniciar, o gênero do filme conta muito para criar a linha de estruturação. Por exemplo, se for um filme de zumbi, certamente será necessário ter vários maquiadores.

Isso porque, além do maquiador tradicional para as faces, você também precisará de um maquiador de efeitos especiais, que faça as maquiagens que darão o aspecto de zumbi aos atores.

Já para uma comédia que acontece a portas fechadas com apenas dois atores, a equipe será menos complexa.

As diferentes composições a serem pensadas para uma filmagem de curta-metragem, independentemente de gênero, são: Atores, assistente de direção, diretor de fotografia, eletricista, cinegrafista, técnico de áudio, maquiador, cabeleireiro, figurinista, diretor de arte e outros mais de acordo com as necessidades específicas de cada cada filme.

Para recrutar a equipe, existem várias soluções. O ideal é poder contar com seu network, com pessoas que você conhece em grupos de audiovisual, ou que já tenha tido algum contato.

Entretanto, leve em consideração que nem todos os novos diretores necessariamente estudaram cinema e possivelmente esperam uma oportunidade assim como você, então, cogite unir forças.

Além do mais, você pode entrar no universo de direção estudando sobre a profissão, o que com certeza fará a diferença no projeto já que você, mais do que ninguém, sabe de cor a essência da sua história.

Então, pense na hipótese de você mesmo dar vida ao seu curta-metragem. Ainda que leve um pouco mais de tempo para tirá-lo do papel, será algo gratificante para você e terá valido a pena a espera.

Já na parte de captação de recursos, o ideal é que você consiga ir ao encontro de pequenos negócios e, claro, viabilizar uma forma de exibir o filme na cidade.

Ainda assim, é preciso ter um bom projeto em mãos que encante e convença os patrocinadores a apostarem em você e em seu projeto..

Não faltam sites especializados em curtas onde você pode tentar inserir o seu projeto finalizado. Alguns dos sites de referência para curtas-metragens são o Cardume e o Porta Curtas.

Nós também recomendamos fortemente que você se torne um membro de algum núcleo, página ou grupo relacionados à produção cinematográfica (você aprenderá muitas coisas e poderá começar a desenvolver sua rede), você não precisa necessariamente fazer isso para enviar um projeto.

Contudo, ao enviar um projeto de filme para avaliação de veiculação, você deve especificar os detalhes técnicos do curta-metragem.

Porém, para conseguir parcerias, você precisará detalhar as posições na equipe artística ou técnica para as quais têm necessidades e receber as inscrições por e-mail de cada possível integrante do projeto.

Como filmar um curta-metragem: a gravação

A produção de um curta-metragem é um desafio emocionante e criativo, mas também pode ser complexa e exigir muita organização.

A fase de gravação é uma das mais importantes, pois é onde a história é capturada na câmera e transformada em imagem e som.

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a filmar seu curta-metragem com sucesso:

  1. Faça um roteiro detalhado: Antes de começar a filmar, é importante ter um roteiro completo e detalhado que inclua cada cena, diálogo e ação. Isso ajudará a garantir que você capture tudo o que precisa e evite retrabalhos.

  2. Escolha a equipe certa: Escolha uma equipe de produção e técnicos experientes que possam ajudá-lo a realizar seu visionamento. Isso inclui um diretor de fotografia, operador de câmera, assistente de câmera, técnico de som, iluminador e maquiador.

  3. Escolha a câmera certa: Escolha a câmera que melhor se adapte ao seu orçamento e às suas necessidades. Hoje em dia existem várias opções, desde câmeras profissionais até smartphones.

  4. Iluminação: A iluminação é fundamental para criar a atmosfera e a estética desejadas. Converse com o seu diretor de fotografia sobre como iluminar cada cena e teste diferentes configurações antes de começar a filmar.

  5. Captura de som: O som é tão importante quanto as imagens e deve ser capturado com precisão. Converse com o seu técnico de som sobre como capturar som direto e ambiente e certifique-se de que todos os diálogos são claros e nítidos.

  6. Teste a câmera e o som antes de começar a filmar: Faça um teste de câmera e som antes de começar a filmar para garantir que tudo esteja funcionando corretamente. Isso ajudará a evitar problemas durante a gravação.

  7. Seja flexível: Filmar é imprevisível, e problemas podem surgir. Seja flexível e esteja preparado para improvisar se necessário.

  8. Faça muitas tomadas: Faça muitas tomadas de cada cena para ter opções na edição. Isso também ajudará a garantir que você capture todas as nuances e detalhes que deseja.

Como filmar um curta-metragem: a finalização

Depois de terminar a fase de gravação, é hora de dar vida a sua história com a finalização, efeitos, coloring, sonoplastia e montagem.

Essas etapas são fundamentais para criar um filme coerente e impactante que prende a atenção do público. Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a finalizar seu curta-metragem de forma mais fácil:

  1. Edição: A edição é a primeira etapa da finalização e é onde as cenas são selecionadas e montadas para contar a história. É recomendado escolher um editor experiente que possa ajudá-lo a criar a narrativa correta e o ritmo desejado.

  2. Efeitos visuais: Os efeitos visuais são usados ​​para criar elementos que não foram capturados durante a gravação, como explosões, efeitos de fogo e superposições. É indispensável escolher uma equipe de efeitos visuais experiente que possa ajudá-lo a criar efeitos realistas e coerentes com a história.

  3. Colorização: A colorização é a etapa onde as cores das imagens são ajustadas para criar a atmosfera e a estética desejadas. É necessário escolher um colorista experiente que possa ajudá-lo a criar a paleta de cores correta e a equilibrar as cores das imagens.

  4. Sonoplastia: A sonoplastia é a etapa onde o som é mixado e ajustado para criar a trilha sonora e o efeito sonoro desejados. É importante escolher um técnico de som experiente que possa ajudá-lo a criar uma trilha sonora com efeito sonoro coerentes e impactantes.

  5. Montagem final: A montagem final é a etapa final da finalização, onde todas as etapas anteriores são unidas para criar o filme final. É desejável que você escolha um montador experiente que possa ajudá-lo a criar uma história coerente e impactante.

  6. Revisão e testes de exibição: depois de finalizar o filme, é importante fazer várias revisões e testes de exibição, para garantir que tudo está funcionando corretamente e para fazer os ajustes finais.

Em resumo, a finalização é uma etapa crítica na produção de um curta-metragem, onde as imagens, som e efeitos são ajustados e unidos para criar uma história que arrepie a quem assistir.

Como filmar um curta-metragem: a veiculação - paga ou não

Depois de finalizar seu curta-metragem, é hora de pensar em como veiculá-lo e exibi-lo para o público. Existem várias opções, incluindo veiculação paga ou gratuita, e vários lugares onde você pode vender ou exibir seu filme no Brasil.

Festivais de cinema: Os festivais de cinema são uma excelente maneira de exibir seu filme e alcançar um público amplo.

Existem muitos festivais de cinema no Brasil, incluindo os Festivais de Cinema de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Enviar seu filme para festivais de cinema pode ser uma excelente maneira de ganhar exposição e atrair potenciais compradores.

Exibição paga: Exibição paga é onde você paga para exibir seu filme em salas de cinema, televisão ou plataformas de streaming.

Se você optar por exibição paga, é importante trabalhar com um distribuidor experiente que possa ajudá-lo a encontrar salas de cinema e plataformas de streaming dispostas a exibir seu filme. Aqui, é válido para longa-metragem, mas achamos importante mencionar.

Exibição gratuita: Exibição gratuita é onde você exibe seu filme sem cobrar nada do público. Existem várias opções para exibição gratuita, incluindo exibição em canais de televisão aberta, exibição em bibliotecas e museus, e exibição em festivais de cinema gratuitos.

Venda: Se você quiser vender seu filme, existem várias opções, incluindo venda para plataformas de streaming e venda para canais de televisão.

Desse modo, trabalhar com um agente de vendas experiente pode ajudá-lo a encontrar compradores interessados.

Nesse ponto, também é indicado apenas para longa-metragem, mas, um curta, tendo um enredo suficiente para se transformar em tal, pode ser esta uma porta aberta para um futuro próximo, a depender da qualidade do projeto.

Auto distribuição: Auto distribuição é onde você se encarrega de distribuir e exibir seu próprio filme. Isso pode incluir organizar sua própria exibição em salas de cinema ou em eventos, ou mesmo distribuir o filme online.

Mais opções para distribuir o seu curta-metragem

Como você pôde conferir acima, existem várias opções para veiculação e exibição de um curta-metragem, incluindo festivais de cinema, exibição paga, exibição gratuita, venda e autodistribuição. É importante avaliar as diferentes opções e escolher a melhor estratégia para seu filme.

Por isso, lembre-se também de que existem vários lugares onde você pode vender ou exibir seu filme no Brasil. É importante fazer pesquisas e encontrar os canais e plataformas mais adequados para o seu filme.

Além disso, trabalhar com um distribuidor experiente ou um agente de vendas pode ajudar a maximizar suas chances de sucesso.

Outra opção é a exibição online, onde é possível disponibilizar o filme em plataformas como o Vimeo, YouTube ou até mesmo em sua própria página. Essa opção pode ser uma boa escolha se você quiser alcançar um público global e não estiver interessado em ganhar dinheiro com o filme.

No entanto, a exibição do seu filme em seu site particular irá requerer um forte trabalho de SEO e com um blog dedicado ao projeto para que ele seja encontrado na internet.

É importante lembrar que, independentemente da escolha que você fizer, é fundamental divulgar seu filme de forma eficaz. Isso pode incluir criar um website, uma conta de mídia social e fazer contato com a imprensa.

Além disso, é essencial ter uma estratégia de marketing cinematográfico para atrair o público e aumentar a divulgação do seu filme.

É importante avaliar as diferentes opções, encontrar os canais e plataformas mais adequados e trabalhar com profissionais experientes para maximizar suas chances de sucesso.

Com planejamento e esforço, é possível exibir e vender seu curta-metragem e alcançar o sucesso que você busca.

Conclusão

Gravar um curta-metragem é um processo desafiador, mas também muito gratificante. É importante começar com uma boa história e roteiro, seguido de um planejamento cuidadoso e uma equipe dedicada.

Durante a gravação, é fundamental prestar atenção às técnicas de captura de imagens, como a escolha da câmera e das lentes, além de cuidar da iluminação e da sonoplastia.

A finalização é outra etapa crítica, onde é possível aplicar efeitos, colorir e trabalhar na trilha sonora para dar vida à sua história. A montagem é onde tudo se junta e é possível contar a história de maneira criativa e impactante.

Por fim, é importante pensar na veiculação e como exibir seu curta-metragem. Existem muitas opções, desde festivais de cinema até exibição online, e é preciso encontrar a melhor maneira de atingir o público e alcançar o sucesso desejado.


bottom of page