top of page

O que é SEO: o guia completo para chegar ao topo do Google

Atualizado: 27 de out. de 2022

Você sabe o que é SEO? Provavelmente você ja deve ter ouvido falar neste termo em algum lugar da internet ao pesquisar sobre marketing digital.

Porém, você pode ter ficado na dúvida do que realmente se trata e sua curiosidade te trouxe até aqui.

Pois saiba que você está prestes a apreder uma das ferramentas mais poderosas do marketing digital.

O SEO pode mudar para sempre as perpectivas do seu negócio e elevá-lo a outro nível, seja qual for o nicho de mercado.

Isso porque o SEO ou Otimização de motores de busca é uma das melhores alavancas de marketing atualmente (e será por muito tempo).

No entanto, muitas vezes é experimentado como uma tarefa complicada, até mesmo intransponível, o que em alguns casos acaba sendo mais prático e viável a contratação de uma agencia especializada em SEO.

Isso porque saber o que é SEO envolve um grande número de parâmetros, detalhes e um bom tempo de estudos.

No entanto, com o método certo e trabalho regular, o SEO está ao alcance de todas as empresas que desejam aumentar seu alcance.

Seja você um empreendedor, um gerente de marketing ou mesmo alguém que está querendo saber o que é SEO e a aprender a executá-lo da forma correta, é o primeiro passo para se tornar um profissional da área.

Você descobrirá neste guia completo todo o conhecimento que você precisa dominar para começar com o pé direito.

O que você vai descobrir neste guia de SEO

Aqui estão as 6 seções deste artigo completo sobre boas práticas relacionadas ao ranqueamento orgânico no Google

Neste guia, mostraremos o básico para que você possa pôr em prática e obter resultados.

  • Primeiro, você descobrirá a definição de SEO e uma explicação de sua importância no ranqueamento das páginas do seu site.

  • A seguir, veremos como funcionam os mecanismos de pesquisa. O Google é sem dúvida a ferramenta mais usada no mundo. É essencial conhecer bem seu funcionamento para aproveitá-lo.

  • Ranqueamento orgânico hoje! As técnicas de SEO evoluíram muito desde seus primórdios. Aplique boas práticas e evite fazer um SEO pré-histórico.

  • Otimização on-page e off-page (interno/externo ao site): estes termos dão dor de cabeça? No entanto, eles representam a pedra angular do ranqueamento orgânico. Explicamos tudo, desde definições até as técnicas a adotar.

  • Os elementos-chave da otimização na página: Vamos nos aprofundar na otimização do seu site. Veremos quais são os elementos a criar ou modificar para observar os primeiros resultados.

  • Por fim, damos a você as chaves do plano de ação de SEO: como planejar sua estratégia de SEO? Como medir o impacto das ações que você implementa?

Você terá então todo o conhecimento para lançar sua estratégia amanhã.

Este guia é único, você não o encontrará em nenhum outro lugar. Não hesite em compartilhá-lo agora com todos os seus contatos!

O que é SEO: definição e importância

representação das etapas do trabalho de SEO para representar o que é SEO

Search Engine Optimization ou como falamos no bom e velho português (Otimização para Motores de Busca) é um conjunto de técnicas destinadas a promover a compreensão do tema e conteúdo de uma ou todas as páginas de um site pelos motores de busca.

Você pode ter como exemplo de motores de busca, o Google, Bing, Yahoo, entre outros.

O objetivo deste processo é direcionar o posicionamento de uma página Web nos resultados de pesquisa dos motores de busca em palavras-chave correspondentes aos principais temas do site.

SEO é, portanto, um conjunto de ações que visam promover o ranking de um site nos chamados resultados de pesquisa “orgânica”, em oposição aos chamados links patrocinados, “pagos”.

No coração do SEO, portanto, estão os mecanismos de busca. Em outras palavras: enquanto o Google oferecer resultados de busca orgânicos, haverá SEO.

Entretanto, as técnicas para promover o SEO evoluem ao ritmo das atualizações dos motores de busca.

Isso porque eles estão constantemente desenvolvendo melhorias para oferecer os melhores resultados possíveis aos seus usuários.

Portanto, o SEO não é definitivo: ele tenta se adaptar de forma rápida e eficaz às mudanças nos requisitos dos mecanismos de pesquisa.

O SEO, então, permite que o Google entenda que o conteúdo do seu site é o mais qualificado para responder às buscas dos internautas.

Essa estratégia leva tempo e os benefícios não vêm da noite para o dia, mas são duradouros.

Contudo, o seu site continuará a ter uma boa classificação nos resultados dos mecanismos de pesquisa, mesmo que fique inativo por algumas semanas, ao contrário das listagens pagas.

Por que o SEO é tão importante? Por que você deve investir nessa estratégia para melhorar sua presença na web? 93% das experiências online começam em um mecanismo de busca.

Além disso, os visitantes que chegam ao seu site por meio desse canal são muito mais engajados do que aqueles que vêm de uma rede social.

Faz sentido: eles digitaram palavras-chave na barra de pesquisa porque tinham uma necessidade real, um desejo real de encontrar uma resposta para sua pergunta.

Aliás, se tivéssemos que dar apenas um número para convencê-lo da eficácia do SEO, seria este: leads de SEO têm uma taxa de conversão de 14,6%.

Logo, isso é quase 10 vezes mais do que os métodos de prospecção de saída.

Como funcionam os motores de busca?

gráfico mostrando que as buscas no Google representam a grande maioria, aproximadamente 92% em comparação com motores de busca concorrentes
O Google é o motor de busca mais popular.

Neste artigo, não falaremos realmente sobre os mecanismos de busca, mas sim sobre o Google.

Por quê? Simplesmente porque 94% dos usuários da Internet usam o Google!


O processo de 6 etapas do trabalho feito pelo Google

O Google funciona de acordo com um esquema padrão que é dividido em várias etapas:

  • Primeiro, ele navega na web de link em link usando robôs para indexar as páginas que acabaram de ser criadas.

  • Em seguida, analisa os sites e páginas identificadas: observa o posicionamento das palavras-chave, a popularidade.

  • Uma vez feito esse trabalho, ele usa todos os dados que possui para obter um ranking dos diferentes sites.

  • Ele armazena as páginas digitalizadas em sua memória cache.

  • Em seguida, interpreta e compara os resultados com as consultas dos internautas.

  • Finalmente, ele fornece uma lista de respostas: esta é a página de resultados do mecanismo de pesquisa mais conhecido como SERP.

Google: tendências de 2022

O Google atualiza seu algoritmo regularmente. Portanto, é essencial manter-se a par das tendências a seguir para ficar no topo de forma orgânica.

Em 2022, deve ser dada especial atenção a:

  • experiência de usuário

  • a importância dos rich snippets

  • pesquisa por voz

  • pesquisa para celular

  • o impacto do vídeo

Confira algumas dicas de um dos maiores especialistas em SEO atualmente, Neil Patel.

E, claro, o conteúdo ainda é rei! Para se posicionar na primeira página do SERP, você precisa mais do que nunca publicar conteúdo de qualidade que seja útil para os visitantes.

O que é a posição zero?

Você já ouviu falar da "posição zero", mas não entende como ela pode ser ainda melhor que a primeira?

A posição zero é o Santo Graal do SEO. Este é o resultado localizado no topo da SERP do Google.

Está enquadrado e pode conter uma imagem ou vídeo associado. Sua visibilidade é muito maior do que o resultado na primeira posição.

Os usuários da Internet, portanto, tendem a clicar mais nele, obviamente.

Print de uma posição zero da SERP do Google para o blog "O que é SEO".
Exemplo de uma "posição zero" para uma palavra chave.

Entretanto, conseguir atingir uma ou mais posições zero é um sinal da autoridade do seu site. Isso significa que o Google o reconhece como confiável e relevante.

Em suma, significa que você se tornou uma referência no seu tema.

Portanto, parabéns, seu SEO foi bem feito e deve continuar sendo, caso contrário a sua “posição zero” rapidamente se tornará uma memória distante.

O Ranqueamento Orgânico atualmente

Como você pode imaginar, o SEO nem sempre teve a mesma cara. Nos primórdios da internet, os mecanismos de busca funcionavam de forma diferente e as palavras-chave eram a única maneira de classificar o conteúdo postado online.

Aqueles que entenderam isso se divertiram enchendo suas páginas com palavras-chave sem se preocupar com o significado de seu conteúdo ou a experiência do usuário.


exemplo de uma pagina com excesso de palavras-chave ou keyword stuffing.
Keyword Stuffing é uma pratica ultrapassada que pode resultar em punição ao seu site pelo Google.

Esse tipo de prática chamada “keyword stuffing” é de outra época e não satisfaz o Google, que foi o primeiro a desenvolver um sistema inteligente de SEO.

Não se deixe influenciar por pessoas que dizem que sua palavra-chave principal deve aparecer a cada 100 palavras em sua forma bruta.

Aliás, isso não faz mais sentido. O Google e outros motores de busca já não necessitam mais de tantas palavras chave para identificar o tema do conteúdo!

As 4 áreas para trabalhar para serem bem referenciadas

Sendo assim, para ter um site bem colocado e ter a chance de chegar à posição zero, 4 pontos devem ser trabalhados simultaneamente.

  • A relevância do conteúdo: suas páginas respondem bem às perguntas dos internautas?

  • Popularidade: seu site é citado por muitos outros sites?

  • A técnica: os motores de busca podem interpretar facilmente o seu site?

  • Experiência do usuário: seus visitantes estão satisfeitos com a navegação em seu site?

A importância dos backlinks

Todos esses pontos são iguais? Na verdade, não. Sua prioridade deve ser fixada nos links recebidos, pois entre os 200 critérios usados ​​pelo Google para classificar páginas e sites, a popularidade é o mais importante.

A estrela do mecanismo de pesquisa considera um site melhor do que outros se tiver mais backlinks.

Mas cuidado! O Google não conta apenas o número de links de entrada para o seu site, mas também avalia a qualidade deles.

Basicamente, é melhor ter 10 backlinks oriundos de sites com autoridade e referência do que 100 backlinks de sites que não são muito interessantes do ponto de vista de SEO.

desenho do qual exemplifica o funcionamento de um backlink.
Não basta somente ser mencionado por outros sites, estes devem ser relevantes.

Mas então, o que é exatamente um link de qualidade? Este é um link de um site:

  • popular e, portanto, tem muito tráfego

  • que tem autoridade

  • está relacionado ao tema do seu próprio site

  • que você não pagou para colocar um link: o Google não recomenda esse processo. Ele pode punir seu site por isso.

Mas isso não é tudo, os links também devem aparecer no corpo da página e usar uma âncora relevante.

Entenda o conceito de palavras-chave

Agora vamos passar para uma parte essencial do SEO: palavras-chave.

Uma palavra-chave é simplesmente a palavra ou frase que os usuários digitam na barra de pesquisa do Google ou de qualquer outro mecanismo de pesquisa (Bing, mas também Youtube).

As palavras-chave são divididas em 2 categorias:

  • As principais palavras-chave estão diretamente relacionadas à sua atividade ou aos seus produtos. Sempre escolhemos apenas um por página da web. Essenciais para o trabalho, esses pedidos são os que mais atrairão sua Buyer Persona.

  • Palavras-chave secundárias são aquelas para as quais você gostaria de classificar para obter mais tráfego. Elas representam uma adição bem-vinda, mas são muito numerosas. Portanto, é necessário saber escolhê-las com cuidado.

Como encontrar ideias de palavras-chave?

Várias soluções estão disponíveis para você. Você pode :

  • determinar as palavras usadas pela sua Buyer Persona;

  • estude as páginas de seus concorrentes;

  • observe as pesquisas realizadas na barra de pesquisa do seu próprio site;

  • navegar nas redes sociais;

  • usar ferramentas de SEO: Google Trends, Google Ads, Semrush, Ubersuggest, etc.

Como classificar as palavras-chave encontradas e escolher as que apresentam um melhor desempenho?

Antes de tudo, você terá que comparar o volume de pesquisa das diferentes palavras-chave que expressam a mesma necessidade.

O volume de pesquisa é o número de vezes que uma palavra-chave foi digitada em um mecanismo de pesquisa em um mês.

Assim sendo, a sua palavra-chave principal deve ser a mais popular.

Por exemplo, digamos que você venda botas de chuva em sua loja online. Qual palavra-chave você vai escolher? Aqui está o volume de 2 deles:

  • botas de borracha: 246.000

  • botas de chuva: 12.100

Obviamente, a primeira solução é a mais interessante porque pode atrair potencialmente 20 vezes mais tráfego do que a segunda.

Você pode encontrar esse tipo de informação por meio de ferramentas como o Semrush, por exemplo.

Mas é tão simples assim? Infelizmente não! Vejamos agora outro critério importante a ser minuciosamente analisado: a concorrência.

Vamos pegar o exemplo das botas de chuva novamente. Aqui está a pontuação da concorrência das palavras-chave escolhidas:

  • botas de borracha: 73

  • botas de chuva: 47

Veja, 47 é uma pontuação bastante alta. 73 significa que a tarefa é quase impossível.

Em resumo, essas pontuações mostram que a concorrência está muito presente nessas duas consultas.

Se o seu site for relativamente novo, você terá muita dificuldade em se posicionar na primeira página do SERP para essas palavras-chave.

Sites mais antigos e populares com melhor SEO não serão ameaçados pela sua chegada ao mercado, pelo menos inicialmente.

Esforços regulares por um longo período o ajudarão a reverter essa tendência.

Palavras-chave de cauda longa

Mas então como se posicionar quando você acaba de lançar seu site? Felizmente, existem soluções!

Você pode confiar em palavras-chave de cauda longa. São consultas mais longas (de 3 ou 4 palavras) e, portanto, mais direcionadas. Suas vantagens são inúmeras.

  • Elas têm um volume de buscas menor, mas a concorrência também é menor.

  • Elas geram mais conversões porque são usadas ​​por usuários da Internet que sabem exatamente o que estão procurando.

  • Elas são numerosas, “quase infinitas” e permitem que você possa configurar uma poderosa estratégia de SEO.

  • Elas suportam o trabalho de palavras-chave head-tail (curtas e gerais como "sapatos") em paralelo porque estão incluídas na consulta de cauda longa.

Portanto, podemos ver que os volumes estão caindo enormemente, mas a concorrência também.

Sendo assim, é mais provável que você tenha uma boa classificação na SERP.

Curiosidade: as mulheres usam a palavra-chave “botas de chuva” muito mais do que “botas de borracha” quando se trata de fazer compras para si mesmas.

Nunca deixe passar esses detalhes que são de fato muito importantes e podem fazer uma conversão eficaz!

Além do mais, a última consulta na tabela é um exemplo de uma pergunta feita por usuários da Internet.

O volume é muito baixo, mas a concorrência também: será muito fácil posicionar uma página de blog otimizada para essa palavra-chave, mesmo que seu site ainda seja jovem.

Por que não escrever um artigo oferecendo uma resposta para esta pergunta? Isso lhe trará algum tráfego.

Em SEO, é melhor começar pequeno e se avançar aos poucos, principalmente se seu orçamento for limitado.

Otimização On-Page: O seu conteúdo

mulher loira fazendo otimizações de SEO On-Page
On-Page é tudo aquilo que está em seu site.

A otimização on-page diz respeito a todo o site do ponto de vista dos motores de busca e ela funciona principalmente em 2 níveis:

SEO técnico

O aspecto técnico do SEO deve atender a uma série de requisitos:

  • O código deve estar bem otimizado.

  • A velocidade de carregamento do site deve ser rápida e fluida.

  • O site deve ser “mobile-friendly” e, portanto, deve usar um design responsivo que permite adaptar as suas páginas ao tamanho da tela de seus visitantes.

  • Também deve ser “https”, ou seja, seguro.

Se o seu site atender a todos esses critérios, o Google tenderá a favorecê-lo em relação à concorrência. Esses pontos são essenciais para serem respeitados.

Experiência de usuário

Notebook cinza aberto com um esboço de uma página HTML aparecendo na tela.
A experiencia do usuário é vital para gerar conversão.

Para atender às expectativas dos internautas e agradar ao Google, seu site deve oferecer uma navegação fácil e prática.

Isso requer notavelmente uma arquitetura de site lógica e organizada.


Otimização Off-Page: o reino dos backlinks

Como o nome sugere, a otimização off-page ou fora da página é tudo o que acontece fora do seu site.

Isso contribui muito para o desenvolvimento da sua reputação como também para o aumento do seu rating de autoridade denominado PageRank.

A quantidade e a qualidade dos links que apontam para o seu site é o critério de classificação número um do Google.

Com a mesma qualidade, o mecanismo de pesquisa sempre tenderá a favorecer uma página que tenha mais links de entrada.

Sendo assim, dedicar tempo para construir uma estratégia de linkbuilding é, portanto, essencial.

Como obter backlinks

Diferentes opções estão disponíveis para você e é preciso se organizar quanto à elas:

  • crie conteúdo de qualidade e espere que os sites o detectem naturalmente

  • oferecer trocas de links ou artigos de convidados para seus parceiros

  • comprar links através de plataformas de netlinking

Cuidado com a última possibilidade: o Google não recomenda esse tipo de ação.

Outras técnicas para melhorar seu SEO off-page

Para trabalhar um pouco mais em sua posição orgânica, você também pode:

  • compartilhar as imagens do seu site o máximo possível

  • receber avaliações positivas no Google Meu Negócio

Concentre-se na otimização On-Page

A otimização on-page diz respeito a todas as ações que você implementará diretamente em suas páginas para fortalecer seu SEO.

É aqui que as palavras-chave que você pesquisou e listou se tornarão importantes.

Isso porque elas permitem que os mecanismos de pesquisa entendam completamente sobre o que trata cada uma das páginas do seu site

A regra de ouro do SEO On-Page

Se você precisa se lembrar de apenas uma regra de SEO on-page, é esta:

uma página = uma palavra-chave

Cada página deve ser usada para posicionar uma palavra-chave e apenas uma! Por quê? Para facilitar o trabalho dos motores de busca.

Se você estiver procurando cobrir diferentes tópicos em uma página e não ficar focado em uma palavra-chave específica, o Google não conseguirá entender do que se trata o seu conteúdo.

Em caso de dúvida, o Google irá classificar a sua página onde ninguém vai encontrá-la.

O que você deve otimizar em suas páginas?

Diferentes áreas da sua página devem atender aos critérios de SEO.

  • URL: Este é o endereço da sua página.

  • O título de SEO: também conhecido como meta title. Não deve ser confundido com o título da sua página que está integrado na tag h1. É claro que deve conter sua palavra-chave principal que, se possível, deve ser colocada no início do título.

  • A meta descrição: é o pequeno texto presente sob o título das diferentes páginas que aparecem nos resultados do Google. Os motores de busca não o levam em consideração para o ranqueamento orgânico, mas podem convencer o usuário da Internet a clicar em seu link. Por isso, é importante escrevê-la com cuidado.

  • Os títulos hierárquicos do seu texto: h1, h2, h3, h4, etc. : eles devem conter sua palavra-chave principal ou variações dela. Este também é um bom lugar para colocar palavras-chave secundárias.

  • Os textos dos Atributos alt das imagens em sua página: idem, devem incluir suas palavras-chave.

O campo semântico: cultive-o em todas as suas páginas!

Inserir palavras-chave é essencial para ajudar o Google a entender seu texto, mas não é suficiente.

Vamos imaginar que você queira se posicionar na palavra "tráfego". O que você pensa quando lê essa palavra?

  • tráfego de visitantes para seu site

  • trânsito

  • tráfego de pessoas

  • tráfego de dados

O que você acha que o Google vai “pensar”? Ele não vai saber exatamente sobre o que você quer falar.

Para que o Google entenda do que você está falando, você deve ajudá-lo enriquecendo semanticamente seu texto.

Especificamente, o que isso significa? Isso significa que você deve usar palavras que ajudarão a definir o assunto com precisão.

Mas é claro que, ao escrever seu artigo, você naturalmente usará essas palavras, mas não necessariamente tanto quanto seus concorrentes. Algumas vão escapar de você.

Quanto mais você enriquece seu texto com palavras que fazem parte do campo semântico de sua consulta chave, mais o Google considera seu conteúdo rico e relevante. E assim, te posiciona melhor.

Às vezes é possível ganhar alguns lugares no SERP apenas melhorando as páginas do seu site dessa forma.

Para ajudá-lo neste trabalho, existem várias ferramentas. Podemos citar o 1.fr ou mesmo Semrush.

Todos eles fornecem uma lista de palavras relevantes para inserir em seu artigo. Mas cuidado! Não exagere também.

Se você se contentar em copiar e colar as indicações dessas ferramentas sem tentar escrever suas observações, será penalizado.

O Google coloca a experiência do usuário no centro de sua abordagem e por essa razão, deseja oferecer conteúdo de qualidade aos seus usuários.

Quem quer ler uma série de palavras ou mesmo um texto escrito indigesto somente porque está cheio de termos significativos aos olhos do Google? Ninguém!

Portanto, sempre pense que você está escrevendo principalmente para humanos e não para robôs ou exclusivamente para algoritmos.

Torne seu conteúdo divertido de ler e envolvente. Você diminuirá a taxa de rejeição, promoverá o compartilhamento do seu conteúdo e, assim, aumentará os links de entrada.

A forma ideal de conseguir inserir muitos termos relacionados à sua palavra-chave ainda é escrever textos longos. Eles serão mais diluídos e não interferirão na leitura.

Este artigo foi testado em 1.fr sobre a palavra-chave SEO e obteve a pontuação de 100%!

A rede: criar links

Para serem bem otimizadas, suas páginas também devem ser vinculadas por links. Isso é chamado de ligação interna.

As páginas também devem oferecer links externos, preferencialmente apontando para sites populares e considerados como referência no tema trabalhado.

Os mecanismos apreciam links porque permitem que eles naveguem bem dentro e entre os sites e, portanto, façam referência abrangente a todas as páginas existentes.

O que é SEO: o seu plano de ação

Agora você tem todo o conhecimento teórico em mãos para criar sua estratégia de SEO. Porque sim, você precisa de um roteiro se não quiser se perder pelo caminho.

Como já dissemos, SEO é um trabalho de longo prazo e às vezes pode ser difícil manter seus objetivos à vista.

Aqui estão algumas diretrizes para ajudá-lo a preparar seu plano de ação de maneira relevante.

Antes de trabalhar no SEO do seu site: determine sua persona

Você vai criar conteúdo, buscando links de entrada e trabalhando na experiência do usuário da melhor forma possível. Mas você pelo menos sabe para quem vai fazer tudo isso?

O primeiro passo em uma estratégia de SEO é definir sua buyer persona ou persona de comprador.

Este é o seu cliente ideal, o seu alvo.

Não importa o nome que você dê a ela, você absolutamente precisa conhecê-la de dentro para fora para atrair sua atenção com sucesso e retê-la.

Quanto mais você souber sobre ela, mais poderá oferecê-la um conteúdo relevante que a toque e faça com que ela queira confiar em você.

Você também saberá onde criar pontos de contato com ela:

  • em um blog

  • um fórum

  • uma plataforma de podcasts

  • Facebook, Instagram, Youtube…

Qual é o sentido de publicar um conteúdo excepcional se o seu público-alvo não consegue encontrá-lo?

O ideal é criar pelo menos 3 fichas de Buyer Persona reunindo todas as informações que possam ser úteis para você na execução de sua estratégia.

Defina uma estratégia de conteúdo

Sua lista de palavras-chave em uma mão, sua persona na outra, você está pronto para pensar em uma estratégia de conteúdo relevante.

Portanto, esta etapa é crucial se você deseja alcançar seus objetivos.

Evite começar a pensar "vamos ver como corre...". Porque certamente, seus concorrentes pensaram muito sobre como ultrapassá-lo.

Acredite, eles chegarão lá facilmente se você não gostar deles.Se não souber realmente tudo e mais sobre eles.

Sendo assim, para estabelecer sua estratégia, você deve primeiro determinar os principais temas do seu blog.

Por isso, em cada um deles, liste entre 6 e 12 assuntos a serem abordados em relação às suas palavras-chave.

Esta forma de proceder criará uma hierarquia e uma coerência nos seus conteúdos que será muito apreciada pelos internautas mas também pela Google. Isso é chamado de casulo semântico.

Considere sua Buyer Persona em primeiro lugar ao escolher os tópicos do artigo. Que problemas ele está tentando resolver? Como você pode ajudá-lo concretamente?

Gaste mais tempo respondendo suas perguntas do que promovendo seus produtos ou serviços.

Então, você deve fazer perguntas diferentes, aqui estão alguns exemplos.

  • Que tipo de conteúdo vou oferecer: artigos, podcasts, vídeos, webinars, infográficos…?

  • Do ponto de vista editorial, que tipo de textos vou propor: artigos de blog, resenha de imprensa, cases de clientes, fichas práticas, depoimentos...?

  • Onde vou distribuir meu conteúdo? Quando e como ?

  • Com que frequência vou postar?

Crie um blog de negócios

Uma vez que sua estratégia de conteúdo esteja estabelecida, você terá que passar para a criação e distribuição.

O ideal é criar um blog no qual você possa publicar artigos regularmente. O blog corporativo tem várias vantagens:

  • Ele permite que você aprimore sua marca na frente dos concorrentes.

  • Melhora o seu ranqueamento orgânico.

  • Aumenta o seu tráfego.

  • Desenvolve o seu crescimento e a sua notoriedade.

  • Promove links que apontam para o seu site.

A criação e manutenção de um blog não pode ser improvisada. Esta poderosa ferramenta deve ser construída em torno de uma estratégia definida para permanecer coerente e eficaz.

Primeiro, você deve definir a linha editorial do seu blog:

  • o tom usado

  • a encarnação do discurso

  • as alavancas editoriais associadas aos seus campos lexicais

Em seguida, vem o calendário editorial que o ajudará a manter o curso, mas também o ritmo de publicação.

Crie uma tabela ou escreva diretamente em um diário a data de publicação de todos os seus artigos com várias semanas ou até meses de antecedência.

Isso permitirá que você se antecipe e se organize melhor, principalmente se delegar o trabalho de redação, que é bastante demorado.

Otimize constantemente

Seu site foi lançado há algum tempo e você alcançou as alturas do SERP! Parabéns, você foi capaz de ouvir as necessidades do seu alvo, mas também mostrou perseverança.

Seria uma pena perder todo esse trabalho feito, não é mesmo?

Então aqui está a grande questão: como não ser ultrapassado pela concorrência? A resposta é simples: realizando operações de manutenção em seu SEO.

Você deveria sempre:

  • Estar atualizado sobre o mundo do SEO para manter-se informado sobre as mudanças e as melhores práticas

  • melhorar a experiência do usuário ou UX

  • otimizar o conteúdo existente

  • cuidar da sua popularidade

gráfico piramidal representando a pirâmide do SEO.

SEO é antes de mais nada, um esforço diário ou quase. Suas posições nos mecanismos de pesquisa podem mudar a qualquer momento com base nas atualizações do Google e na atividade de seus concorrentes.

Por isso, otimizar o seu site deve, portanto, ser uma preocupação constante.

Organize seu relógio

Ao configurar um relógio, você se dá a oportunidade de reagir de forma rápida e eficaz ao menor defeito.

Para acompanhar as novidades do SEO, você pode assinar newsletters ou seguir blogs especializados.

Se você gosta de ferramentas que facilitam sua vida, escolha um aplicativo de relógio como Feedly, Flipboard, etc.

Ele permite que você reúna todos os blogs e contas de mídia social que deseja seguir em um só lugar.

Assim, você pode ler rapidamente o que mais lhe interessa assim que tiver 5 minutos à sua frente. Perfeito para rentabilizar o tempo de transporte.

Sobretudo, a inteligência competitiva também é essencial: você precisa manter seus amigos próximos, seus inimigos ainda mais próximos!

Logo, para acompanhar a sua concorrência, não hesite em subscrever a sua newsletter ou segui-los nas redes sociais.

Monitore regularmente seu posicionamento nas palavras-chave que são importantes para o seu negócio e reaja quando necessário.

Acompanhe seus locais no Google

Muitas ferramentas permitem que você acompanhe a posição de suas páginas no Google. Seu objetivo é claro e simples: ter no máximo as palavras-chave principais nas 3 primeiras posições do SERP, pois elas sozinhas concentram 60% dos cliques.

Claro que a posição zero continua a ser a mais invejável mas o local é caro!

Se você colocar em prática uma estratégia de palavras-chave coerente e publicar regularmente conteúdo relevante, suas chances de sucesso são reais.

Que indicadores seguir

Para analisar os resultados de seus esforços em termos de SEO, existem muitos KPIs a serem seguidos. Aqui estão os que consideramos os mais importantes:

  • acompanhando seu posicionamento

  • quota de tráfego dos motores de busca

  • a taxa de rejeição

  • a duração das visitas

  • o número de domínios de referência e backlinks

  • sua autoridade de domínio

Outros indicadores podem ser mais interessantes para sua própria situação. Dependendo de sua estratégia e de sua atividade, você deve determinar os dados que fornecem as informações mais relevantes para melhor organizar suas ações.

Por exemplo, se você tem uma forte presença nas redes sociais, será importante monitorar a participação do tráfego que vem de cada uma delas.

Otimização para Motores de Busca | ORUN Company

Como você pôde ver, SEO não é complicado. Porém, estes são procedimentos

relativamente simples e precisos a serem seguidos.

Ao aplicar todas as recomendações deste artigo, você deve atingir seus objetivos.

Mas, acima de tudo, tenha em mente que a ranqueamento orgânico é construído ao longo do tempo.

Por isso, não imagine ter resultados em poucas semanas, a menos que seu tema seja inovador e único.

Tenha paciência e mantenha-se confiante: com boas práticas, você acabará colhendo os frutos do seu trabalho de SEO.

Além disso, o guia que você acabou de ler fornece o básico sobre o que é SEO e como executá-lo, mas sempre é possível ir mais longe.

Se você quiser saber mais detalhes, acesse o blog da Orun Company! Você irá encontrar tudo sobre o que é SEO e marketing digital.

notebook aberto mostrando a pagina de SEO do site da ORUN Company.

Por meio de nossos serviços, você terá todas as boas práticas e expertise que nós temos para começar a construir ranqueamento orgânico do seu site.

Somos especialistas em SEO com certificados nacionais e internacionais pelas maiores referências no assunto.

Entre em contato com nossos especialistas, será um prazer lhe atender!

bottom of page